Não aprendi a dizer adeus…

By 20 de janeiro de 2016Pré-viagem

Antes de partir para a nossa viagem, nos tivemos muitas coisas para organizar, foi uma correria, e no meio dessa correria, ou melhor, no fim dessa correria, precisamos nos despedir.

Abrir mão de conforto, de roupas e coisas foi fácil perto do momento de despedida das pessoas que amamos. Dizer tchau para os nossos pais e para os nossos gatos (sim, temos um casal de gatos no qual somos muito apegados) foi bem difícil. Mas sempre soubemos que para fazer uma viagem épica seria preciso deixar algumas pessoas em casa, e como costumo dizer, a parte difícil é levar eles só no coração e não no banco do carona.

Apesar do nó na garganta e o choro baixinho, gostamos de pensar que os nossos 4 pais estão se programando para nos visitar em momentos diferentes da viagem, e isso já alivia o aperto no peito. Tivemos um apoio muito legal das nossas famílias quando decidimos partir em viagem, então só temos a agradecer pelo apoio e carinho de todos, e os gatos vão continuar morando no nosso apartamento, com o irmão do Luis que vai cuidar dos nossos pestinhas queridos.

E a vida de viajante segue rumo ao próximo destino.

IMG_3595

roadsweethome

Author roadsweethome

More posts by roadsweethome

Leave a Reply